Sustentabilidade



A estratégia de Sustentabilidade Empresarial na PT Portugal está integrada, de forma coerente e transversal, e assenta no desenvolvimento de um vasto conjunto de práticas e processos em três vertentes principais: económica, ambiental e social.

A Direção de Compras, por ser o interface entre o mercado e a PT Portugal para efeitos da aquisição de bens e serviços, assume um papel fundamental nas políticas de sustentabilidade empresarial da empresa.

Modelo de Sustentabilidade de Seleção e Contratação de Fornecedores da PT Portugal

O Modelo de Compras da PT Portugal rege-se por princípios sólidos no sentido de obter cada vez mais e melhores resultados para todos os intervenientes no processo. Deste modo, o trabalho em equipa, uma atitude de melhoria contínua, o cumprimento dos princípios éticos e de transparência inerentes à função Compras e o respeito pelo ambiente e pelos direitos humanos são premissas chave do modelo adotado.

Princípios Éticos

Além de estar norteado pelo Código de Ética e pela Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da PT Portugal, a aplicação do seu Modelo de Compras às relações negociais com os fornecedores traduz-se nas seguintes práticas divulgadas e verificadas junto de todas as partes interessadas:

Transparência

Toda a informação deverá ser formalmente disponibilizada aos potenciais fornecedores no decorrer de um processo de compra, garantindo a transparência no acesso à informação.

Igualdade de Oportunidades

Durante o processo de negociação é garantida a igualdade de oportunidades a todos os fornecedores que reúnam condições equiparáveis, permitindo a abertura a todos os fornecedores.

Acesso à Informação

Os fornecedores poderão aceder a todas as informações e esclarecimentos que necessitem sobre qualquer matéria das negociações em curso, de forma clara, completa e cordial.

Reciprocidade e Rigor

Deverão ser definidas de forma pormenorizada, por ambas as partes, todas as condições relativas a prazos de entrega, preços, pagamentos, condições de aquisição e atribuição de responsabilidades.

Lealdade

Os intervenientes na negociação deverão ter em conta os objetivos da empresa, procurando responder às suas necessidades da forma mais vantajosa e credível.

Compras Recíprocas

As compras recíprocas não deverão condicionar ou interferir no resultado de qualquer processo de negociação.

Confidencialidade

A PT Portugal e os fornecedores deverão guardar sigilo sobre toda a informação trocada no decorrer de um processo de compra.

Seleção e contratação de Fornecedores

A PT Portugal adotou normas que asseguram que, ao longo de toda a relação com os Fornecedores, existem sempre documentos que regulam a exigência mínima relativa à conduta ética e à responsabilidade social, nomeadamente, ao nível de:

Captação de fornecedores

O código de ética sinaliza a priori a conduta e exigência relativamente à ética, proteção ambiental e responsabilidade social de todos os fornecedores que desejem interagir com a empresa.

Registo de Fornecedores

A fim de recolher informação sistematizada e sensibilizar os seus fornecedores para as melhores práticas, está incluído no processo de registo de fornecedores um questionário com questões detalhadas sobre as políticas seguidas nas vertentes de qualidade, ambiente, responsabilidade social e saúde e segurança no trabalho.

Consulta ao Mercado

Nos programas de consulta ao mercado integramos também o Código de Conduta de Responsabilidade Social, assinado entre a PT Portugal e a UNI (Union Network International). Cada fornecedor consultado deve entregar, conjuntamente com a sua proposta, um documento nos termos do qual declare que respeita e cumpre, no âmbito da sua atividade, os direitos humanos fundamentais na comunidade e nos locais de trabalho, designadamente, os que se encontram previstos no referido Código de Conduta (direitos fundamentais, normas e princípios aplicáveis em matéria de meio ambiente, segurança, saúde e higiene nos locais de trabalho).

Seleção

Todos os fornecedores em concurso deverão também apresentar, juntamente com a proposta técnica, um documento que comprove a existência e concordância com as boas práticas ambientais, bem como a respetiva capacidade para o desenvolvimento da atividade objeto da consulta, nos termos da legislação ambiental aplicável e, em especial, do disposto no regime geral da gestão de resíduos e de legislação específica relevante no âmbito da atividade objeto da consulta. O nível de responsabilidade social declarado e o nível de proteção ambiental assegurado constituem, entre outros, critérios de avaliação para eventual adjudicação.

Contratualização

As minutas contratuais negociadas com os fornecedores especificam o cumprimento, por parte destes, da legislação ambiental aplicável à atividade desenvolvida no âmbito do contrato em causa, bem como as disposições legais e regulamentares relativas a segurança, higiene e saúde no trabalho. Desta forma, a PT Portugal assegura que, ao longo do ciclo de fornecimento de qualquer parceiro de negócio, existem normativos fortes, socialmente aceites e integrados no universo PT, que regulam o alinhamento aos níveis social, ambiental e ético-económico.

Alinhamento Estratégico na Cadeia de Valor

Para a PT Portugal é fundamental criar condições para fomentar o alinhamento entre os seus princípios e os dos seus fornecedores, acreditando que só deste modo se podem criar parcerias duradouras com vantagens mútuas e com resultados benéficos para a sociedade e para o ambiente.